Páginas

sábado, 27 de agosto de 2011

UFC RIO



Hoje acontece um evento histórico no Rio de Janeiro, cidade que viu o nascimento do Vale-Tudo no início do século passado com lutas dos Gracies, com o grande mestre Helio, que lotavam arenas e eram matéria de capa dos jornais da época. O UFC volta ao Brasil. Pela segunda vez no país, a primeira com grande estrutura e com os atuais donos que transformaram a marca UFC em uma das mais valiosas do mundo, o evento trás um card cheio de brasileiros, é claro.

Vou fazer uma pequena análise aqui dos principais confrontos da noite.

Antonio Rodrigo Minotauro Nogueira x Brendan Schaub
Por mais que doa dizer isso, o Schaub é favorito. Ele não é melhor que o Minotauro, mas vem numa sequência de quatro vitórias (três por nocaute, incluindo um sobre a lenda Mirko Cro Cop, e uma por decisão numa vitória suprema sobre Gabriel Napão) desde março de 2010, enquanto Minotauro vem de uma derrota por nocaute para o campeão Cain Velasquez, além de uma sequência de lesões e cirurgias e não luta desde fevereiro de 2010. Ou seja... desde que Minotauro lutou pela última vez e foi nocauteado, Schaub já lutou quatro vezes e venceu todas. Pode não parecer muita coisa... mas o tempo longe de uma luta oficial prejudica e muito o retorno do atleta a competição. Apesar de achar Schaub favorito, não vejo um favoritismo muito grande... é algo como 60x40. Se a luta for para o chão, é quase 100% para o Minotauro, já que Schaub vem mostrando um jiu-jitsu muito fraco quando comparado ao de um mestre como o brasileiro. Se a luta ficar em pé (Schaub certamente buscará isso, e Minotauro, segundo dizem, já declarou que vai "encurtar e boxear") fica uma coisa mais igual, com uma certa vantagem para Schaub que é mais novo, tá com mais ritmo... mas depois das derrotas para Mir e Velasquez e numa época que os juízes do UFC não deixam mais os lutadores ficarem levando muitas pancadas, Minotauro não deveria confiar tanto assim no seu queixo e buscar logo a finalização.
Meu palpite: Minotauro finaliza no chão. Se a luta for até o final de três rounds em pé, acho que pode dar Schaub por decisão.


Maurício Shogun Rua x Forrest Griffin
Forte candidata à luta da noite. Dois guerreiros. Griffin não desiste nunca (talvez só naquela atuação desastrosa contra Anderson Silva), e Shogun não anda para trás nunca.
Shogun vem com a derrota para Jon Jones atravessada e quer fazer seu caminho de volta ao cinturão... Griffin tenta a sorte, após vencer duas lendas (Tito Ortiz e Rich Franklin) sabe que se vencer Shogun pode ter uma chance pelo cinturão também. É uma luta de afirmação para os dois. Shogun se vencer mostra que o que houve contra Jones foi um acidente de percurso. Griffin se vencer mostra que "ainda está aqui". Acredito que os dois buscarão a luta em pé o tempo todo e pelo fato dos dois serem guerreiros, é a grande candidata a luta da noite. Se preparem, essa luta promete um pouco de sangue na tv aberta. Talvez vá para o chão se o Griffin tomar um atraso muito grande em pé e consiga derrubar o Shogun.
Meu palpite: Shogun por nocaute no primeiro ou no segundo round.


Anderson Silva x Yushin Okami
Anderson é espetacular. Não tem como não pensar que vai ser um atropelo do Spider pra cima do japonês... mas luta é luta. Se entrar "aquele" soco, o peão cai. Pode ser o Anderson Silva, pode ser o Zé da esquina. Nos últimos quatro anos, Okami só perdeu uma vez e foi justamente para Chael Sonnen, aquele que aplicou em Anderson 24 minutos de surra pra depois ser finalizado. E Okami treinou para essa luta justamente com Chael Sonnen. Isso mostra que talvez Okami vá buscar a mesma estratégia que Sonnen: quedar e bater (ground 'n' pound). Mas não sei se terá a mesma efetividade... Anderson estava todo machucado contra Sonnen, Okami vai lutar contra um Anderson 100%. Acredito que o Spider vai se impor novamente e a luta vai ficar onde ele quiser. Em pé, é claro. Mas se for pro chão, acho que ele se garante.
Meu palpite: Anderson por nocaute no primeiro round.

Nenhum comentário: