Páginas

quinta-feira, 17 de março de 2011

Bullying & Artes Marciais

Em um momento de "nada para fazer" agora a pouco, entrei nos "sites de notícias" para checar as (??) notícias de hoje... entrei no UOL e me deparei com o hit do menino Zangief, um EPIC WIN vídeo de um garoto gordinho que reagiu a um bullying na escola e deixou o seu adversário no chão com uma queda que deixaria wrestlers como Randy Couture ou Brock Lesnar orgulhosos.
Sobre isso tenho a dizer: BOA, MOLEQUE!!!
Orgulho desse moleque!!!

No youtube há diversos vídeos desse tipo, esse ganhou muita fama obviamente pela referência ao Zangief, clássico personagem de Street Fighter.

Mas voltando à reportagem do UOL, o que mais me chamou a atenção foi um parágrafo final que tem o título em negrito de: JIU-JITSU.
Eu pensei: "xiii, do jeito que as coisas são, algum pseudo-lutador de Jiu-Jitsu deve ter cometido bullying por aí. Falar que o Jiu-Jitsu pode ser a melhor arma contra o bullyng ninguém vai dizer".
No pequeno texto há opinião de dois psicólogos sobre o Jiu-Jitsu e o Bullying, o psicólogo Miguel Perosa diz que a luta (leia-se aqui DEFESA PESSOAL, que é o JIU-JITSU) pode ser um recurso de segundo caso, depois que denúncia e diálogo não surtirem efeito. Mas como ele mesmo disse: "Não há diálogo com quem espanca".

Já a psicóloga (e, na minha opinião, babaca. E não, politicamente corretos, eu não respeito a opinião dela. Sou obrigado?) Rosa Maria Macedo diz que treinar alunos para se defender com luta (como ela estava falando de JIU-JITSU, leia-se DEFESA PESSOAL) é estimula-los a usar a violência física contra a psicológica".

E a matéria termina mais ou menos EXPLICANDO para a tal psicóloga o que é o Jiu-Jítsu, dizendo que as técnicas de Jiu-Jitsu são usadas para IMOBILIZAR o agressor. Talvez a Sra. Rosa Maria Macedo não saiba, mas no Jiu-Jitsu não são usados golpes como socos, chutes, joelhadas, caneladas, e qualquer coisa do tipo. Jiu-Jítsu é baseado em técnica de alavancas e imobilizações, visando deixar o adversário "preso" de uma forma que ele não consiga mais se movimentar e desista do combate.

Me responda agora: não é o sonho de todo garoto que sofra de bullying saber fazer isso?
Se eu fosse um praticante de bullying me sentiria muito mais humilhado em me ver preso num mata-leão do que nocauteado no pático do colégio.

Sempre disse e repito: aos garotos que sofrem de bullying, procurem a arte marcial. Não precisa ser necessariamente o Jiu-Jitsu. Qualquer arte marcial... o Judô, o boxe, o Muay Thai... com todas elas você conseguirá se defender de seus adversários. Se você conseguir se defender sem machucar o agressor, OK, maravilha. Mas se você precisar fazer como nos exemplos abaixo, você ainda continuará com a razão, pode apostar!






Nenhum comentário: