Páginas

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Silva x Belfort - a luta da década?


A resposta para a questão do título é fácil: considerando que a década começa sempre nos anos 1 (1981, 1991, 2001, 2011)... Sim, Anderson Silva x Vítor Belfort é, até o momento, A luta desta década. Para quem conhece e gosta de MMA, dispensa apresentações esses dois nomes. Para quem não conhece e não gosta, e eventualmente ler isso (sonho meu, sonho meu), vamos lá:
- Vítor Belfort tem o apelido de "The Phenom", porque aos 19 anos foi campeão do UFC pela primeira vez nos pesos-pesados, num tempo que o UFC era muito diferente do que é hoje, com outras regras, em 1997. Foi campeão novamente do UFC em 2004, dessa vez nos meio-pesados batendo Randy Couture, para quem perdeu o título na luta seguinte. Passou por fase difícil na vida esportiva e pessoal, se recuperou e vem numa sequência de cinco vitórias seguidas (algo inédito na carreira dele), quatro por nocaute.
- Anderson Silva, considerado por muitos o melhor lutador peso por peso do mundo na atualidade. Invicto no UFC, sua mais recente derrota data de janeiro de 2006. No UFC, tornou-se campeão dos pesos médios em sua segunda luta, título que nunca perdeu, e ainda fez duas lutas na categoria de cima, a meio-pesado, onde nocauteou os dois adversários que teve.

- O anúncio da luta

A luta foi anunciada logo após a vitória de Belfort sobre Rich Franklin em setembro de 2009, porém cancelada alguns meses depois após lesão de Belfort, que só voltou a estar apto para lutar há poucos meses. Nesse tempo Anderson defendeu seu cinturão duas vezes: contra Demian Maia e a polêmica luta contra Chael Sonnen.

- A polêmica

Anderson não gostou de ter de enfrentar Vitor por dois motivos: 1) Vítor vinha de quatro vitórias fora do UFC, foi contratado pelo UFC, lutou contra Rich Franklin em uma luta de peso combinado, venceu por nocaute e ganhou a chance de disputar o cinturão dos pesos-médios. Em seguida, se machucou, passou mais de um ano até se recuperar e ainda assim continuou como o "próximo da fila". Ou seja, Vítor deu uma bela furada de fila na categoria. Segundo dizem as pessoas mais próximas ao Anderson, ele considerava Belfort como um amigo, já treinaram juntos e não entende porque o "amigo" agora quer lutar pelo cinturão dele.

- O lado Vítor

Sobre isso, Vítor diz que considera nosso esporte como qualquer outro... como uma partida de basquete, um jogo de futebol. E é assim que o esporte deve ser tratado realmente. Vítor não vê problemas em lutar contra um amigo ou um companheiro de academia.

- As provocações

No MMA é comum as provocações entre os lutadores. Isso é bom pra eles e para o evento: ajuda a promover a luta, e a si mesmos. Na maioria dos casos as provocações são apenas da boca pra fora e o pós-luta é aquela cena comum dos dois se abraçando, independente de quem tenha vencido. São poucos lutadores que provocam de verdade mesmo. Nesse sentido, tanto Anderson quanto Vítor ficaram quietos. Nenhum dos dois provocou e não é do perfil dos dois o famoso trash-talk. Porém, na coletiva de imprensa hoje, tivemos a segunda ou terceira "encarada" dos dois, e Anderson já começou a soltar mais a marrentice pra cima do Belfort.

- A luta

Será na madrugada de sábado para domingo, luta principal do evento.
Eu, sinceramente, não sei em quem apostar, o que achar... pela "atividade", apostaria no Anderson. Belfort um ano e meio sem lutar, vindo de lesão, não sei.
Analisando as "skills" de cada um:
Muay thai: Anderson é muito superior em clinch, joelhadas, chutes. Belfort não tem histórico nesses quesitos.
Boxe: Belfort é melhor, tem mão pesada e poder de nocaute impressionante.
Jiu-Jítsu: um é faixa-preta do Carlson Gracie, outro dos irmãos Nogueira. O que dizer mais? Porém, Anderson tem mais momentos históricos no chão do que o Belfort.
Wrestling: será o diferencial nessa luta? Anderson tem boa defesa de quedas... contra Chael Sonnen foi quedado a hora que Sonnen queria, porém lutou com a costela fraturada. Mas já foi quedado em lutas anteriores. Porém, Belfort não é um exímio "quedador" pra conseguir botar Anderson pra baixo a hora que quiser.

Palpites: se a luta ficar na trocação, Anderson é favorito por ter mais recursos como clinch, joelhadas e chutes. Porém, se UM contra-golpe do Belfort encaixar, é lona.
Se for pro chão, vai depender de quem ficar por cima.

É opinião em cima do muro? É! Mas vá tentar opinar entre Anderson Silva e Vítor Belfort....


Nenhum comentário: