Páginas

terça-feira, 7 de setembro de 2010

"We all came out to Montreux...

... On the Lake Geneva shoreline
To make records with a mobile
We didn't have much time
Frank Zappa and the Mothers
Were at the best place around
"

Smoke on The Water - Deep Purple

Agora entendo melhor ainda esse "we're at the best place around"... Frank Zappa and The Mothers!
Há alguns anos atrás, na história edição sobre os melhores guitarristas da revista Roadie Crew, saiu um "Roadie Collection" (uma espécie de "melhores discos") com o Frank Zappa. Na época, eu não conhecia NADA do Zappa. Li as resenhas dos álbuns e baixei todos que ali estavam. Escutei e gostei muito! Pensei: vou baixar a discografia. Quando vi o tamanho da discografia do cara, pensei: deixa quieto. Já tenho os melhores mesmo. Gravei aqueles álbuns num cd pra escutar quando desse vontade. Não lembro mais de todos, mas acho que foram "Hot Rats", "Zoot Allures", "Over-Nite Sensation", "One Size Fits All", "Apostrophe", "Joe's Garage" e "Sheik Yerbouti". Agora pensando bem, foram esses mesmo.
Daí esses dias bateu a vontade de escutar aqueles discos... peguei o cd e passei pro computador. Foi como se eu tivesse escutado pela primeira vez novamente! Zappa era genial, cara! Dessa vez encarei a missão de baixar sua discografia. Já baixei 59 discos, ainda faltam alguns muitos... prefiro não contar e ir baixando.
O duro mesmo é fazer o "best of" pra por no iPod, posso dizer que TODO dia eu incluo alguma coisa... há três dias atrás Zappa estava usando uns 600mb do iPod, hoje está com 940mb.
Zappa era tudo... um dos melhores guitarristas e compositores da história. Era regente de sua própria banda. Há canções em que mal toca sua guitarra ou chega perto do microfone, só rege sua banda... foi o maior tirador de sarro da história. As ironias contidas em suas músicas iam tanto para políticos, como para artistas musicais ou estilos musicais. Sensacional a tiração de onda com o Bee Gees em "Wind Up Workin' in A Gas Station" ou com a disco music em "Dancin Fool". E o que falar de "Bobby Brown Goes Down"? Teve outros gênios tocando em sua banda (pra citar só os mais famosos: Steve Vai e Terry Bozzio), e, de tudo que eu escutei, pouca coisa na sua discografia não é boa. Se enveredou por todos os estilos... escutando seus álbuns você passa pelo psicodélico do final dos anos 60, pela música instrumental, pelo fusion, pelo jazz, pela valsa, pelo blues, pelo rock, pelo progressivo, e até pelos lados mais pesados do rock, e também pela música clássica, principalmente nos anos 80... às vezes um álbum com um só estilo, às vezes todos os estilos num só álbum.
Não posso me dar ao luxo de indicar uma discografia básica do Zappa pra quem quer conhecer, estando eu ainda me acostumando com toda a diferença de estilos que há nela (porém já admitindo sua genialidade), portanto, indico as opiniões de Bento Araújo (a qual citei no começo do post sobre os álbuns indicados na revista) e a de Regis Tadeu, indicando Zappa para iniciantes nesse vídeo: http://colunistas.yahoo.net/posts/4028.html

E, vale lembrar, que antes de qualquer coisa, Zappa foi um dos maiores anti-heróis da música.

Aqui, alguns vídeos com a genialidade do Zappa em diversos estilos:

Wind Up Workin' In A Gas Station

Camarillo Brillo & Muffin Man

Peaches en Regalia

Bobby Brown

Sofa No2

Stinkfoot

Trying To Grow a Chin


I'm The Slime

San Berdino

City of Tiny Lights

Jonas Crusher

Watermelon In Easter Hay

Nenhum comentário: